O cara que escreve...

Quer um conselho? Namore um escritor. Não um cara que te manda poesia nem letra dos Beatles ou do Chico Buarque. Namore um cara que escreva ele mesmo com as palavras próprias pra você. Ele vai reparar os pequenos detalhes entre vocês dois, e vai escrever coisas que falam especialmente de vocês dois, não cartas de amor prontas achadas na internet.

Namore um  cara que ao invés de comprar um cartão de dia dos namorados vai escrever um texto lindo pra você. Ele vai te fazer, no mesmo texto, rir, chorar, se emocionar e morrer de vontade de abraçá-lo. Namorar um escritor é namorar um cara que vai ficar orgulhoso de ser comparado ao Veríssimo ou ao Pessoa, e não se comparado com o Fiuk ou o Robert Pattinson.
Escritores tem as melhores pegadas... ou não
Namorar um cara que escreve significa ter um namorado que, ao te descrever em um de seus textos, vai fazer você se achar a própria Megan Fox, e suas amigas, ao lerem, vão achar que ele descreveu alguma princesa de historia infantil. Falando em amigas, namorar um cara assim é matar suas amigas de inveja dos seus textos lindos, das suas cartas fofas e bem humoradas. Namore um escritor e garanta textos românticos pra quando você estiver carente. E cartas surpresas no meio da semana.

Namorando um cara que escreve você não vai entender porque suas amigas  acham bonitas algumas frases copiadas de algum “as cem melhores frases de amor do mundo” ou trechos de algum livro do  Fernando Pessoa.  Então namorar um cara que escreve é namorar um cara que sabe que “namorar um cara que escreve” não é a forma mais correta, e sim “namore um cara que escreva”, mas, mesmo assim, ele prefere o primeiro jeito porque é mais bonitinho.


Ps: essa foi pra você, menina dos brincos saborosos.

0 comentários:

Postar um comentário

... . ...

Acharam o fim da página... Uma salva de palmas para Sherlock Holmes, nosso mais paciente e ilustre leitor!